Escolha uma Página

Madeira de Lei x Madeira Macia

Veja Abaixo A importancia de Comprar uma Madeira De Lei Madeira dura (027)998983078 Whats App

 

Classificando a madeira como uma madeira dura ou de madeira macia vem para baixo a sua estrutura física e maquiagem, e por isso é excessivamente simples de pensar em hardwoods como sendo duros e duradouros em comparação softwoods soft e viável. Isso acontece geralmente , mas existem exceções, como nos casos de madeira de teixos – uma madeira macia que é relativamente difícil – e madeira de árvores de balsa – uma madeira que é mais macia do que madeiras macias.

Madeira dura vem de angiospermas – ou plantas de floração – como carvalho,Garapa , maple, ou noz, que não são monocotiledóneas . A madeira macia vem das árvores do gimnosperma , geralmente coníferas evergreen, como o pinho ou o abeto vermelho.

TUDO SOBRE A MADEIRA

Procurando madeira Para Moveis ? Ligue Já 027 99898-3078 Whats Sap

A visão de uma queda de árvore pode facilmente acionar algo mesmo no ambientalista mais improvável. Ignorando esse visual, a madeira pode ser uma escolha muito mais ecológica do que muitos outros se você colocar algum pensamento na seleção

Encontrar madeira sustentável:

Vivemos em um país com mais de 400 milhões de hectares de floresta, então o suprimento está lá; É simplesmente um caso de gerenciá-lo adequadamente. Isso também significa que, quando cortarmos um, devemos plantar outro.

A madeira é um material renovável, requer pouco processamento e quase sempre pode ser comprado localmente. Isso faz com que seja um material com baixo impacto ambiental, desde que seja colhido de uma floresta sustentável. Em um esforço para combater a devastação causada por práticas florestais destrutivas, programas de certificação como o FSC (Forest Stewardship Council) surgiram para assegurar que a madeira colhida de maneira sustentável tenha sua parcela de mercado justa.

Onde comprar madeira:

Onde quer que você mora no Canadá, há sem dúvida a madeira sendo colhida não muito longe. Se você quiser garantir que sua madeira qualifica em algum sentido como “local”, você pode começar antes de tudo pela seleção de espécies – escolha madeiras que são cultivadas em sua região. Não compre o cedro branco oriental se você vive no oeste, e não escolher o cedro vermelho ocidental se você vive no leste. Nosso clima não deve deixar nenhum erro que qualquer madeira tropical veio de muito longe.

Qualquer madeira que você pode obter em suas mãos, que por qualquer motivo não causou uma árvore a cair, significa que mais uma árvore permanecerá em pé. Algumas fontes para analisar:

Abate urbano: As árvores removidas pelos trabalhadores da cidade mais frequentemente do que não se encontraram terminando como aterro sanitário. Empresários estão surgindo em diferentes regiões e estão agora transformando essas árvores em produtos utilizáveis.Madeiras afundadas : Gerações de exploração madeireira deixou insondáveis ​​quantidades de madeira sentado no fundo dos rios, perfeitamente preservado, maduro para a colheita. Em muitos rios, as companhias do salvamento emitem mergulhadores para baixo para encontrar e para recuperar os registros que são transformados então em algumas das madeiras as mais bonitas e as mais de alta qualidade disponíveis.

Moinho de sua própria árvore: Se você deve derrubar uma árvore e você tem espaço para armazenar uma pilha de madeira, veja se você pode contratar um moinho portátil e operador na sua área.Placas de celeiro e madeiras recuperadas: Como celeiros são retirados para qualquer número de razões, grande parte da madeira ainda está em condições excepcionais e muitas vezes comanda um preço impressionante no mercado. Você pode encontrar vigas de apoio, bem como placas.

Demolition estoque: há empresas que se especializam em materiais de construção de recuperação de projetos de demolição, em seguida, oferecê-los para revenda em diferentes condições.

Sites de materiais usados: Mais construtores o tempo todo estão tirando proveito da web para descarregar materiais, muitas vezes de graça, se por nenhuma razão diferente de salvar-se uma taxa de dumping. O Hemloft retratado aqui recebeu a notoriedade internacional, e foi feito inteiramente com os materiais encontrados para livre em Kijiji.

Madeira que tem uma história pode adicionar caráter e calor para sua casa. Isso pode ser visto marcas, marcas de água, buracos de pregos ou um feixe de celeiro com um buraco mortise velho nele; Estes tipos de produtos de madeira reutilizados estão obtendo preços impressionantes, se por nenhuma outra razão que para dar ao proprietário uma razão para contar uma história. Uma pesquisa rápida na Internet deve informá-lo se alguma das opções listadas acima estiver disponível perto de você.

Esperamos que nossas páginas sobre madeira ajudem você a tomar decisões informadas para que você possa obter os tipos de produtos que você está procurando.

Solicite um Orçamento Agora !!

Teca é nova opção na indústria mundial

A Teca vem se tornando muito usual na indústria moveleira e de decoração, tanto para cozinhas e salas de estar como para ambientes especiais como uma adega ou um espaço para descanso e leitura, ou mesmo um jardim. A espécie veio do oriente, e hoje é cultivada em vários países, inclusive no Brasil. A multiplicidade de usos e a beleza tornam esta madeira uma excelente escolha.

Teca é o nome popular da Tectona grandis, árvore nativa na Ásia cuja madeira é utilizada há séculos na Índia, Indonésia, Tailândia e outros países asiáticos. Atualmente a árvore é cultivada também no Brasil, principalmente no Mato Grosso e o plantio comercial avança para os estados da região Norte.

A madeira é nobre e foi muito utilizada pelos antigos povos colonizadores do oriente, para confecção de embarcações, devido a sua alta resistência as intempéries. Porque pode ser exposta a ação do sol e da chuva e apresenta excelente durabilidade nessa situação, a madeira passou a ser utilizada na execução de móveis externos, para varandas e jardins. É uma das espécies tropicais mais cultivadas em reflorestamentos comerciais em diversos países no mundo, atualmente.

A madeira tem um aspecto muito bonito, em tom marrom-dourado, que pode escurecer quando exposto ao ar livre, passando a um marrom um pouco mais escuro. De veios homogêneos, pode ser usada tanto para mobiliário de luxo em interiores, quanto para obras imersas ou expostas à água, devido a sua alta resistência a esse tipo de exposição. Possui uma espécie de látex em seu interior, que é capaz de evitar a corrosão nos pregos e ferragens utilizados em seu interior. Esse recurso ainda permite maior durabilidade de móveis e elaborados em teca.

Além da durabilidade e estabilidade, a madeira também apresenta alta resistência ao ataque de cupins, brocas marinhas e outros insetos. Talvez, por isso mesmo os antigos já a utilizavam em construções de embarcações.

Fácil de trabalhar, praticamente não racha e não trinca, a madeira é moderadamente pesada, com densidade de 0,65gr/cm³, recomendada para mobiliário em geral. Sua resistência fica mais por conta de sua durabilidade e exposição ao sol e chuva, do que propriamente resistência estrutural. Dessa forma, sua utilização concentra-se mais para mobiliário e alguns pisos e decks de médio tráfego.

A árvore só pode ser cultivada em áreas tropicais mas possui grande demanda principalmente no continente europeu, superando os preços do mogno
No exterior, a madeira Teca é usada principalmente na fabricação de esquadrias, devido a sua forte resistência à exposição ao tempo. Também é consumida na produção de móveis, embarcações e decorações.

Planta rústica, de rápido crescimento e muito resistente ao fogo, a pragas e a doenças, a árvore tem forte potencial exportador, sobretudo nos países europeus. A tora de desbaste, com diâmetros entre 15 e 20 centímetros, pode ser comercializada no exterior a preços que variam de US$ 700 e US$ 1.200 ao m³. A Teca destaca-se frente a outras espécies nativas pela rusticidade e rápido crescimento em altura.

Na lista das espécies requisitadas pelo mercado internacional, a teca é nativa das florestas tropicais do Sudeste Asiático. É árvore de grande porte, podendo alcançar 2,50 metros de diâmetro e 50 metros de altura. Seu tronco é habitualmente retilíneo, de seção circular e reduzida conicidade. A casca é gretada e de cor cinza ou marron, mede cerca de 15 mm e é considerada termo-isolante, com resistência ao fogo.

As folhas, de inserção oposta, podem alcançar 60×80 cm e as flores de cor creme, são pequenas, numerosas e encontram-se reunidas em inflorescências do tipo panícula (forma piramidal). A floração é intensa e inicia cerca de um mês após as primeiras chuvas, estendendo-se por mais de 60 dias. O fruto é uma drupa, mede de 1 a 2 cm de diâmetro e pode conter até quatro sementes.

A Teca é uma espécie que ocupa com velocidade as clareiras abertas na floresta, é também uma planta heliófita (exige plena exposição à luz solar), não tolerando qualquer forma de sombreamento. Seu crescimento inicial em altura é muito rápido, chegando aos três metros no primeiro ano e aos cinco metros, ou mais, no segundo, o que torna a espécie muito viável comercialmente

Qualidade

A madeira da Teca é procurada no mercado internacional, por suas características, como o peso de cerca de 650 quilos por metro cúbico, situando-se entre o cedro e o mogno. Possui boa resistência em relação ao peso, quanto à tração, flexão e outros esforços mecânicos é semelhante ao mogno brasileiro. Para a produção de móveis, especialmente cadeiras, que necessitam de constante deslocamento, a espécie apresenta resistência e ao mesmo tempo leveza.

É uma madeira estável, praticamente não empena e pouco se contrai durante a secagem, além de resistir às variações na umidade do ambiente. Trata-se de uma propriedade essencial no caso de portas, janelas e gavetas, permitindo que abram, fechem e corram sem dificuldades.

A teca é durável, pois seu cerne não é atacado por cupins, carunchos ou outros insetos. É imune à ação dos fungos apodrecedores de madeira, podendo ser enterrada, exposta ao tempo ou à água do mar, sem sofrer danos. A durabilidade do cerne deve-se a “tectoquinona”, um preservativo natural contido nas células da madeira. Na Europa é bastante comum o uso de bancos e outros móveis de jardim produzidos em teca, expostos ao tempo, sem a proteção de óleo, tinta ou verniz. Neste caso, a madeira adquire coloração acinzentada com o tempo.

A Tectona grandis é uma árvore de grande porte, nativa das florestas tropicais situadas entre 10° e 25°N no subcontinente índico e no sudeste asiático, principalmente na Índia, Burma, Tailândia, Laos, Camboja, Vietnã e Java. Devido a sua dispersão geográfica e à variedade de ambientes onde ocorre naturalmente, a teca é uma espécie de alta adaptabilidade com dispersão vertical entre 0 e 1300m acima do nível do mar, ocorrendo em áreas com precipitação anual de 800 a 2500 mm, e temperaturas extremas de 2°a 42°C, porém não resiste à geada.

A teca é cultivada desde o século XVIII, quando os britânicos demandavam grandes quantidades de madeira para construção naval. No sul da Ásia, a cultura de teca é tradicional, sendo a espécie cultivada em grande escala. Atualmente, a área mundial plantada excede os 3 milhões de hectares, incluindo, além dos asiáticos – maiores produtores -, outros países tropicais, como: Togo, Camarões, Zaire, Nigéria, Trinidad, Honduras e Brasil, entre outros.

Apesar de poder ser cultivada apenas em regiões tropicais, a madeira de teca é muito procurada principalmente no continente europeu. Mundialmente, a teca é apreciada pela qualidade de sua madeira, bem como pela sua rusticidade.

A Tectona grandis L.f. pertence à família botânica Verbenaceae. As folhas, que podem ter disposição oposta a verticilar em grupos de três, são coriáceas e medem de 30 a 60cm de comprimento por 20 a 35cm de largura. Os limbos são largos e elípticos, glabros na face superior e tomentosos na face inferior. As folhas amplas tornam a árvore sombreante desde a fase juvenil.

As flores são pequenas, de coloração branco-amarelada e se dispõem em panículas de até 40 x 35cm. Os frutos são do tipo drupa, cilíndricos, de cor marrom e possuem diâmetro de aproximadamente 1cm. Cada fruto apresenta quatro cavidades, dentro das quais estão as sementes (uma por cavidade); porém, nem todas germinam. A primeira frutificação ocorre aos 5 ou 6 anos de idade.

Quando adulta, a árvore atinge entre 25 a 35m (raramente acima de 45m) de altura e diâmetro (DAP) de 100cm ou mais. Seu tronco é reto e revestido por uma casca espessa, resistente ao fogo. Perde as folhas durante a estação seca, pois trata-se de uma essência caducifólia.

A madeira

O alburno é estreito e claro, bem distinto do cerne, cuja cor é marrom viva e brilhante. Essa beleza peculiar faz da teca uma madeira muito procurada para decoração de interiores luxuosos e mobiliário fino. Além do efeito decorativo, a madeira de teca é utilizada para as mais diversas finalidades: construção naval, laminação e compensados, lenha e carvão vegetal; as duas últimas são específicas para as áreas de ocorrência natural.

A densidade média da teca é 0,65g/cm³ e, apesar de ser leve, apresenta boa resistência a peso, tração e flexão, semelhante ao mogno brasileiro.

A madeira é estável; praticamente não empena e se contrai muito pouco durante a secagem. A estabilidade permite que a teca (madeira) resista à variação de umidade no ambiente.

A durabilidade é uma característica marcante dessa espécie. Até o momento são poucos os registros, nos países onde a teca é cultivada, de ataques de pragas que possam comprometer os plantios. A durabilidade do cerne deve-se a tectoquinona, um preservativo natural contido nas células da madeira.

O alburno é um material permeável, propriedade que facilita a aplicação de preservativos. Porém, esse tratamento somente é necessário quando a madeira ficar exposta ao tempo; ademais, o alburno possui todas as outras qualidades do cerne.

Tanto alburno, quanto cerne contém uma substância semelhante a um látex, denominado caucho, que reduz a absorção de água e lubrifica as superfícies. Essa substância também confere resistência a ácidos e protege pregos e parafusos da corrosão.

Nos países onde a teca é explorada – de floresta nativa ou reflorestamento toda a madeira é aproveitada, incluindo as toras de pequeno diâmetro obtida nos desbastes. Painéis de sarrafos são utilizados para a fabricação de móveis, portas, decoração interna e também na produção dos mais diversos utensílios. A madeira de pequeno diâmetro é largamente usada na edificação de construções rústicas, como vigamento, esteio ou madeiramento do telhado.